10 de agosto de 2010

nas linhas




você a ama, ainda? apesar da pergunta chegar tão de chofre, seus dedos logo se aprumaram para digitar as três letras da resposta. antes, pensou por que alguém, que não ela mesma, estaria interessado nisso? e quem lhe perguntava não parecia estar a serviço. de ninguém. respirou. não respondeu de imediato. escreveu: talvez você não saiba ao certo o que se passou. talvez. foi o que chegou em sua tela. talvez? ele pensou. e foi aí que se perdeu.


.

2 comentários:

Inês Correa disse...

o negócio é não perdeer o ponto, que faz buraco (haha). tão sensível você. obrigada pela visita lá no Corpoemimagem. Vou tentar piquenique, vou tentar. Beijo

Ismália disse...

isso 'e ficção? isso aconteceu? não importa, eu sei. mas 'e que j'a ouvi essa exata resposta: talvez vc não saiba exatamente o que aconteceu. que se h'a de fazer? e ela, ser'a que o ama, ainda?