31 de março de 2010

um feliz aniversário, agradeço.

quando escrevo vejo a vida passar, é de fora dela que escrevo.
se digo vejo o tempo passar, é de fora dele que digo.
mas se escrevo vou no tempo, é um vôo no tempo que me permito.
se digo vou na vida, é em suas entranhas que estou. com tudo o que há de indecifrável.
nos últimos tempos, cada vez vejo menos o tempo, a vida a passar.
cada vez mais mergulho(s) construindo caminhos.



.

4 comentários:

rebeldes disse...

Lindo, muito a ver com o que sinto em relação com tempo. De quem é?

Feliz aniversário!

veronika paulics disse...

textos e fotos, com exceção das citações sempre nominadas, são meus.

um feliz aniversário, agradeço...

Julio disse...

Caraca!!! Tua poesia é estranha e linda, Veronika...

Marcos Fernandes Gonçalves da Silva disse...

nao saberia o que dizer.....nem sei...nada